fbpx
Carros elétricos: uma opção menos poluente de transporte

Carros elétricos: uma opção menos poluente de transporte

Quais são suas vantagens para o meio ambiente?

As preocupações com a escassez de petróleo no mundo e com a preservação do meio ambiente são responsabilidades que movem o mercado, com a ajuda de subsídios do governo, para direcionar suas produções e pesquisas à automóveis que utilizem fontes alternativas ao combustível fóssil.

E essa preocupação não vem à toa, vista a contribuição que os combustíveis fósseis têm na emissão de poluentes que geram o efeito estufa, que contribui para o aquecimento global. Para se ter ideia do dano destes sobre o meio ambiente, um estudo do Instituto de Energia e Meio Ambiente (IEMA) de 2017 revelou que carros representam 72,6% da emissão de gases do efeito estufa em São Paulo. 

Por isso, vemos os carros elétricos, híbridos e com combustíveis alternativos à gasolina assumirem a liderança na corrida dos interesses de um consumidor que se preocupa cada vez mais com a sustentabilidade do mundo que vive. Só em 2019, na Inglaterra, vemos o aumento de vendas de carros elétricos subir em 144%. É claro, que é um cenário muito diferente do brasileiro, onde a falta de subsídios quase transforma os veículos elétricos em um “item de luxo”. 

Mas se você tem o meio ambiente em vista na hora de escolher qual carro comprar, motivos não faltam para transição de categoria. Dentre estes, estão a maior eficiência que os elétricos tem sobre os movidos a gasolina, a menor necessidade de manutenção que a maioria dos carros precisa e a menor utilização de combustíveis fósseis, já que necessitam apenas de eletricidade para rodar.

Então, se você quer uma opção menos poluente de transporte e considera comprar um veículo elétrico existem três fatores para avaliar o impacto do veículo no meio ambiente: emissão do próprio carro, emissão na produção de combustível e a forma como a bateria do carro é carregada.

Existe emissão de gases nos carros elétricos?

Bom, a primeira coisa que temos que pontuar é que os veículos que utilizam energia elétrica não emitem gases. Se você considerar apenas isso, você pode concluir que os carros elétricos sejam mais ecofriendly dos que utilizam gasolina, etanol ou diesel.

No entanto, é necessário considerar além deste fator para determinar o quanto um veículo é amigável ao meio ambiente. Logo, para avaliar o real impacto que o uso que um carro elétrico causa ao ecossistema, também é necessário considerar a forma como a alimentação deste é produzida na conta. Ou seja, é indispensável entender como é gerada a energia que carrega a bateria do veículo. 

Com isso em conta, é incluída a emissão de gases poluentes que são emitidos para a produção e distribuição da energia utilizada para “abastecer” o carro elétrico. Em ordem à eletricidade ser produzida, existe uma variada emissão de gases que dependem da forma como esta é gerada. Dessa forma, o quão nocivo será o impacto ao meio ambiente depende muito de como é obtida a energia em determinada localização geográfica ou, até mesmo, se o veículo será carregado individualmente pelo seu motorista com alguma fonte de energia renovável, como por exemplo com o auxílio de painéis solares. 

Até então, no Brasil, país onde a maior fonte de energia é de origem renovável (68%), que é uma energia “mais limpa”, não há pesquisas que indiquem o quanto poluente sejam em relação ao uso do carro elétrico. Contudo, considerando a emissão média de gases poluentes com base em relatórios americanos, país que tem maior parte fontes não-renováveis de energia, os carros movidos a gasolina emitem cerca do dobro de gases anualmente.

Afinal, carros elétricos são uma opção menos poluente?

Sim. De acordo com pesquisadores, um carro elétrico, ao longo de sua vida útil, irá emitir 70% menos gases que os movidos à petróleo em países onde a maior parte da energia gerada vem de fontes renováveis ou nucleares, e apesar de em outros, como o Reino Unido, essa taxa ser menor (30%) dirigir um carro elétrico será menos poluente em 95% dos países no mundo.

Solicite um orçamento